TriânguloMineiro.com

Mercado de Uberlândia já se movimenta para a Páscoa

Voltar

Cidade(s): Uberlândia

Empresários esperam crescimento nas vendas para este ano. O presidente da CDL Uberlândia, Celso Vilela, diz que mesmo com o reajuste de quase 10% dos ovos, os empresários não perdem o foco que é vender.

É fato que desde o ano passado o preço do açúcar e do cacau está mais caro, mas isso não desanimou os supermercadistas e nem as lojas especializas na venda do produto a anteciparem as compras. Enquanto a Páscoa não chega, ovos são produzidos, pessoas são contratadas e pedidos são fechados com as indústrias.

É o caso da Proalfa, em Uberlândia, que este ano promete vender mais de 35 mil ovos de páscoa. A empresa contará com promotores de vendas de mais de dez empresas diferentes no ramo, uma parceria entre loja e fornecedor. “Nosso forte será o ovo de páscoa. Os pedidos já estão sendo feitos e após o término do Carnaval estaremos montando as parreiras”, disse o gerente de compras da Proalfa, Paulo Ricardo Ferreira.

Para os que investem na confecção de chocolates artesanais, Paulo disse que a loja também comercializa fôrmas, papel chumbo, papel celofane, fitilho, entre outros produtos.

Na Chocolândia, a páscoa também começou cedo. O gerente, Ronaldo Mendes afirma que a loja também quer surpreender com os produtos importados. “Para atender ao público, teremos 25% a mais de produtos na loja. Se por um lado o ovo de páscoa continua sendo o recordista em vendas para os mais jovens, para presentear, a preferência dos casais são as caixas de bombons. Espero ter um incremento de vendas de 15% a 20% a mais, com relação aos meses fora de datas sazonais”, ressaltou Ronaldo.

Já Guilherme Fernandes Miranda, proprietário do supermercado Econômico está menos otimista. Ele acredita que com a elevação do preço do cacau e do açúcar em 5%, o resultado em vendas será de até no máximo 10% superiores ao ano anterior. “As ações das indústrias são focadas para atender o grande varejo. Os pequenos empresários precisam criar estratégias para competir com os grandes supermercadistas. Além de confiar nos novos lançamentos que ajudam no sucesso das vendas, vamos investir com critério para não sobrar produto nas parreiras e contratar mais dois funcionários para abordar o consumidor nessa época”, disse Guilherme. 

Neste ano, a Páscoa será comemorada no final de abril, o que, de acordo com Guilherme, promovem as vendas de chocolate. “Quanto mais longe de janeiro, mês que geralmente compromete o orçamento familiar, e faz com que os consumidores repensem seus gastos, melhor. Bom para eles e bom para nós”, explica.

O presidente da CDL Uberlândia, Celso Vilela diz que mesmo com o reajuste de quase 10% dos ovos, os empresários não perdem o foco que é vender. “É o momento de inovar para seduzir os consumidores. Atentar para o fato de que muitos adultos não resistem ao sabor do chocolate, e que o produto, agregado outros incrementos, como bichos de pelúcia, flores atrai a atenção especial dos casais, principalmente dos namorados. A Páscoa é um momento bom para o varejo e os lojistas precisam saber aproveitá-la”, destacou Celso.

Recomende esta notícia

Clique e conheça o Rio Quente Resorts - PRQ

Compre seu ingresso para o Hot Park no Top Ingressos.

Itens relacionados

Comentários

Não existem comentários para esta notícia.

Deixe seus comentários:
  • *
  • *
  • *
  • Enviar Comentário